Home Política Alckmin passa, em média, um a cada cinco dias na presidência

Alckmin passa, em média, um a cada cinco dias na presidência

5394
0

O vice-presidente Geraldo Alckmin (PSB) assumiu interinamente a presidência da República uma vez a cada cinco dias, de acordo com um levantamento. Isso porque o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) passou 55 dias do ano viajando, desde 1º de janeiro de 2023.

O levantamento foi divulgado pelo portal R7 e confirmado pelo Terra, levando em consideração as agendas oficiais de Alckmin e Lula, conforme disposto no portal do Governo Federal.

Lula viajou a 17 países, tendo repetido apenas a ida aos Estados Unidos – em fevereiro e setembro. 

Na última sexta-feira, 29, Lula foi submetido a uma cirurgia no quadril para tratamento de artrose. O tempo de recuperação é estimado em três semanas, conforme informaram os médicos em coletiva de imprensa no dia da cirurgia. Enquanto se recupera, o chefe do Executivo irá despachar do Palácio da Alvorada. Ele recebeu alta neste domingo, 1º, antes do previsto, e se recupera bem.

O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, não irá assumir a presidência enquanto Lula se recupera. Segundo a equipe da presidência, não há necessidade de Lula se afastar do trabalho por um curto período de tempo. 

Viagens do presidente

Lula viajou pela primeira vez neste ano entre 22 e 25 de janeiro, à Argentina e ao Uruguai. Em 9 de fevereiro, o presidente foi aos Estados Unidos, onde se reuniu com Joe Biden. Ele passou três dias no país norte-americano.

Em abril, foi a vez do petista ir para os Emirados Árabes Unidos, China, Espanha e Portugal, por 12 dias no total. Em maio, Lula foi para a coroação do rei britânico Charles 3º, no Reino Unido, e em seguida passou sete dias no Japão.

No mês de junho, Lula viajou para a Europa, visitando Itália e França. Em julho, ele foi à Bélgica e Cabo Verde. O presidente retornou à África em agosto, passando sete dias na África do Sul e Angola.

Em setembro, Lula visitou a Índia, Cuba e os Estados Unidos, novamente, para a Assembleia Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York.

Em novembro, é esperado que o presidente brasileiro volte aos Emirados Árabes Unidos para participar da 28ª edição da Conferência das Partes, a COP28.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here