Home Esportes Alpine não quis dar contrato longo a Alonso devido à idade

Alpine não quis dar contrato longo a Alonso devido à idade

1617
0

As férias de verão da F1 estão sendo apimentadas por polêmicas em torno da repentina ida de Fernando Alonso para a Aston Martin no lugar de Sebastian Vettel (que se aposenta ao fim deste ano). Surpreendida com a negativa de Oscar Piastri, campeão da Fórmula 2, e pela própria saída do bicampeão, a Alpine crê que Alonso tenha sido atraído por um contrato e salário melhores.

Segundo Otmar Szafnauer, chefe da equipe francesa, o time considerou a idade do espanhol – com 41 anos recém-completados – e a possibilidade de declínio de desempenho para lhe oferecer uma renovação de apenas um ano.

  • Ele queria mais certeza independente de seu desempenho. Houve apenas alguns pontos menores pendentes. Ele disse que seu empresário voltaria para nós. E acreditei que fosse assim – explicou.

Tudo começou com o anúncio da aposentadoria de Vettel, na manhã da última quinta-feira. No mesmo dia, durante a coletiva de imprensa do GP da Hungria, Alonso deixou as portas abertas para a possibilidade de substituir o tetracampeão na Aston Martin, embora sua prioridade fosse a renovação com a Alpine.

  • A primeira confirmação que tive (da saída de Alonso) foi pelo comunicado de imprensa. Eu perguntei antes de deixarmos a Hungria e ele me disse: “Não, não, não assinei nada”. Então, fiquei um pouco surpreso – revelou Szafnauer.

Alonso havia se juntado à Alpine em 2021, marcando também seu retorno para a F1 após três anos de ausência. Foi com o time, antes conhecido como Renault, com o qual o espanhol fez outras duas passagens: de 2003 a 2006, conquistando seus dois títulos mundiais em 2005 e 2006, e em 2009.

  • Antes de ele sair, eu confirmei com ele que estaríamos assinando em breve, e ele disse: “Não se preocupe, eu não assinei com mais ninguém, continuaremos isso nos próximos dias”. E então, na manhã seguinte, vi o lançamento da Aston. Tínhamos o que eu achava que era um contrato justo de ambos os lados, e Fernando também achava. Parece que ele decidiu fazer outra coisa depois disso – comentou o chefe da Alpine.
    Polêmica com campeão da F2

A Alpine tutorava o campeão da Fórmula 2 de 2021, Oscar Piastri. Hoje, o australiano atua como reserva da equipe francesa – além de ser emprestado à McLaren para a mesma função.

O time comandado por Szafnauer possuía outro contrato de agenciamento com o piloto de 21 anos, que expirou em julho.

Piastri foi anunciado na tarde desta terça-feira como substituto de Alonso na Alpine em 2023. Mas não demorou até que o australiano, envolvido em rumores sobre um pré-contrato com a McLaren no lugar de Daniel Ricciardo, negasse:

  • Eu entendo que, sem minha concordância, a Alpine F1 divulgou um comunicado à imprensa no final da tarde de que estarei pilotando para eles no próximo ano. Isso está errado e não assinei contrato com a Alpine para 2023. Não vou pilotar pela Alpine no próximo ano.

Por ora, Fernando Alonso seguirá representando a Alpine ao lado de Esteban ocon até o fim da temporada atual, assim como Sebastian Vettel permanece correndo pela Aston Martin até novembro. Restam nove corridas para o fim do campeonato; a F1 retornará em 28 de agosto com o GP da Bélgica.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here