Home Política Ataques a Moraes dificultam queda de rejeição a JB

Ataques a Moraes dificultam queda de rejeição a JB

5142
0

Os aliados do presidente Jair Bolsonaro não gostaram nem um pouco dos ataques feitos por ele neste fim de semana ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes.

Eles até concordam com as críticas feitas ao ministro, mas, pragmáticos, avaliam que neste momento elas dificultam o trabalho do comitê da reeleição para reduzir a rejeição do presidente da República junto aos eleitores.

Bolsonaro, agora, tem criticado Alexandre de Moraes por causa da operação autorizada por ele contra empresários bolsonaristas, que, num grupo de troca de mensagens, discutiam a possibilidade de um golpe se Lula ganhar as eleições. A equipe de campanha destaca que, pelo menos até agora, o presidente abandonou as críticas às urnas eletrônicas.

Em avaliações feitas nos últimos dias, a redução no patamar de rejeição do presidente Bolsonaro, que tem ficado acima de 50%, virou “prioridade total” do comitê da reeleição. Se ela permanecer acima de 50%, a reeleição do presidente fica inviabilizada.

Os aliados do presidente Jair Bolsonaro não gostaram nem um pouco dos ataques feitos por ele neste fim de semana ao presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes.

Eles até concordam com as críticas feitas ao ministro, mas, pragmáticos, avaliam que neste momento elas dificultam o trabalho do comitê da reeleição para reduzir a rejeição do presidente da República junto aos eleitores.

Bolsonaro, agora, tem criticado Alexandre de Moraes por causa da operação autorizada por ele contra empresários bolsonaristas, que, num grupo de troca de mensagens, discutiam a possibilidade de um golpe se Lula ganhar as eleições. A equipe de campanha destaca que, pelo menos até agora, o presidente abandonou as críticas às urnas eletrônicas.

Em avaliações feitas nos últimos dias, a redução no patamar de rejeição do presidente Bolsonaro, que tem ficado acima de 50%, virou “prioridade total” do comitê da reeleição. Se ela permanecer acima de 50%, a reeleição do presidente fica inviabilizada.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here