Home Destaques Correios e a Serasa promovem megafeirão para renegociação de dívidas

Correios e a Serasa promovem megafeirão para renegociação de dívidas

159
0

O Ministério da Fazenda informou que os Correios e a Serasa promovem o Dia D de megafeirão para renegociação de dívidas com desconto.

Os interessados poderão comparecer em agências centrais dos Correios, nas capitais brasileiras, até a quinta-feira da próxima semana (28). Os endereços e horários de funcionamento das agências podem ser consultados no aplicativo e site dos Correio.

“As ofertas para negociação de dívidas com descontos de até 96% do Programa Desenrola Brasil, além de outras ofertas de 700 empresas parceiras da Serasa, podem ser negociadas presencialmente em mais de 6 mil agências dos Correios espalhadas pelo país”, informou o Ministério da Fazenda.

De acordo com os Correios, desde o dia 4 de março, até esta terça-feira (19), foram feitos mais de 60 mil atendimentos presenciais, nas agências, relacionados ao megafeirão Serasa e Desenrola.

As ofertas do Desenrola foram incluídas no mutirão graças a uma parceria da Serasa Limpa Nome com os Correios, com apoio do Ministério da Fazenda.

Segundo o governo, a ação de combate à inadimplência, que inclui outras dívidas da Serasa, é mais uma opção de acesso ao programa, além das plataformas do Desenrola, da Serasa e do Itaú Unibanco.

Programa Desenrola

Segundo o Ministério da Fazenda, mais de 12,2 milhões de pessoas já foram beneficiadas pelo Desenrola Brasil, que possibilitou a negociação de cerca de R$ 37,5 bilhões em dívidas.

  • Os descontos na plataforma do programa, informou o governo, são de 83%, em média, e em alguns casos chegam a 96%.
  • Os pagamentos podem ser à vista ou parcelados, sem entrada e com até 60 meses para pagar.
  • As ofertas do Desenrola estão disponíveis até 31 de março, para a faixa 1 do programa, que consiste nas negociações feitas por meio do site, desde outubro de 2023.
  • A faixa 1 contempla pessoas com renda de até dois salários mínimos ou inscritas no CadÚnico. Ela engloba as dívidas que tenham sido negativadas entre janeiro de 2019 e dezembro de 2022, e não podem ultrapassar o valor atualizado de R$ 20 mil cada (valor original de cada dívida, sem os descontos do Desenrola).
  • Para acesso ao Desenrola pela plataforma, é necessário ter conta no GOV.BR. Tanto usuários com contas nível bronze quanto prata e ouro podem visualizar as ofertas de negociação e parcelar o pagamento, se optarem por não pagar à vista. Utilizando os canais parceiros, não há necessidade de uso da conta GOV.BR.
  • Além das dívidas bancárias, como cartão de crédito, também estão incluídas as contas atrasadas de outros setores, como estabelecimentos de ensino, energia, água, telefonia e comércio varejista.

O governo explicou que a plataforma também permite a renegociação com bancos em que a pessoa não tenha conta, podendo escolher aquele que oferecer a melhor taxa na opção de pagamento parcelado.

“Outra vantagem do programa para quem tem duas ou mais dívidas (mesmo que com diferentes credores) disponíveis para negociação na plataforma do Desenrola é poder juntar todos os débitos e fazer uma só renegociação, pagando à vista em um único boleto ou PIX, ou financiando, a prazo, o valor total no banco de preferência”, acrescentou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here