Home Política Franquias apostam na popularização de produtos e serviços

Franquias apostam na popularização de produtos e serviços

809
0

Duas franquias de setores que só atendiam consumidores de alta renda agora apostam na popularização de produtos e serviços.

Atender ao público que não tinha acesso ou não se sentia à vontade para usar uma lavanderia tradicional é a missão da rede franquia criada por Ângelo Max Donaton. Ele criou o negócio pensando no autoatendimento e no baixo custo.

O cliente faz o pagamento em um totem, escolhe uma máquina e liga. O processo de lavagem e secagem dura cerca de uma hora e o sabão e o amaciante entram automaticamente. Uma máquina cheia, com 10 quilos de roupa, que equivale a cerca de 15 peças, custa R$ 14.

Como o uso das máquinas é bastante fácil, não é necessário ter uma equipe de atendimento, o que ajuda a diminuir os custos da operação – e atrai mais interessados na rede.

“Nos últimos 18 meses nós saímos de duas unidades. Hoje somos 430 lojas vendidas, 100 unidades implantadas e 120 lojas em construção”, conta Ângelo.

Popularizar é também o objetivo de uma franquia de alimentação, montada pelos empresários Lucas Moreira e a Brunna Farizel. Toda a gestão da loja e os processos foram pensados para que os preços dos produtos fossem mais em conta.

As lojas não têm cozinha. Os salgados chegam prontos e os ingredientes das bebidas já chegam medidos para evitar desperdício. O tíquete médio é de R$ 25.

“É um operação muito simples, bem prática e, por isso, o custo do produto acaba sendo baixo, diante do custo operacional completo ser também baixo”, explica Lucas.

Os preços mais baixos não são a única estratégia da marca. O ambiente foi desenhado para ser mais amigável e os sabores foram adaptados ao gosto nacional. Atualmente, a rede tem 42 unidades em 9 estados brasileiros, além do Distrito Federal.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here