Home Política Juros do rotativo: Campos Neto menciona falha em acordo

Juros do rotativo: Campos Neto menciona falha em acordo

1419
0

O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que fracassou em chegar a um acordo sobre os juros do rotativo do cartão de crédito com administradores de cartões de crédito, bancos, maquininhas e varejistas.

“Nossa preocupação é vir uma sugestão, porque como a gente falhou em encontrar um acordo, que acabe gerando ruptura no mercado de cartões porque aí iria ser ruim para todo mundo”, afirmou no evento “E agora, Brasil?” promovido pelos jornais Valor Econômico e O Globo.
Questionado se admitia falha em encontrar um entendimento com os agentes, Campos Neto disse que ainda busca uma saída e negou estar pessimista.

“Não posso dizer que estou pessimista porque ainda estou trabalhado. Mas nós temos dois grupos, um grupo não quer negociar se não tiver uma mudança no número de parcelas e outro grupo acha que isso não é viável. Temos que tentar encontrar uma solução intermediária, mas não vou dizer se estou pessimista ou não porque ainda estamos trabalhando nisso”, declarou.
Em outubro, o governo publicou uma lei que limita os juros do rotativo. O texto deu 90 dias corridos para os agentes do mercado apresentarem uma proposta para limitação das taxas ao Conselho Monetário Nacional (CMN), por meio do Banco Central. Como a lei foi publicada em 3 de outubro, o prazo é 1º de janeiro de 2024.

Caso a proposta não seja apresentada, os juros serão limitados ao total original da dívida.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here