Home Política Mauro Cid está preso em batalhão comandado por amigo

Mauro Cid está preso em batalhão comandado por amigo

839
0

Mauro Cid está detido em uma unidade das Forças Armadas chefiada por um amigo seu.

O ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro (PL) está detido desde 3 de maio no Batalhão do Exército de Brasília.

Segundo informações da própria Força, num intervalo de 19 dias nesse período, Cid recebeu a visita de 73 pessoas, número considerado elevado por Alexandre de Moraes (STF), que determinou a prisão preventiva do militar na investigação sobre fraudes em cartões de vacina.

O batalhão é comandado pelo tenente-coronel Bruno Fett que, assim como Cid, é egresso da Academia Militar das Agulhas Negras – o primeiro, se formou na turma de 1999, e o segundo; em 2000.

https://5ab5e68757dee3b350d008021d18b4c4.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-40/html/container.html Fett era o comandante do Batalhão de Polícia do Exército em 8 de janeiro, quando bolsonaristas radicais invadiram e depredaram as sedes dos Três Poderes sem resistência. Por isso, há um requerimento – ainda não apreciado – para que ele seja ouvido na CPI dos Atos Antidemocráticos.

Segundo o documento, o Exército permitiu a retirada de barricadas que impediam o acesso de manifestantes, de carro e moto, ao acampamento bolsonarista, de onde partiu o ataque.

Uma fonte das Forças Armadas avalia que o cenário – tratado como um acaso infeliz – desgasta o Exército, e que seria adequado que o STF determinasse a transferência de Cid para uma outra unidade, como um complexo médico penal ou para o Presídio da Marinha, no Rio de Janeiro.

A defesa de Cid, por seu lado, tenta convencer Moraes a mandar Cid para a prisão domiciliar ou mesmo colocá-lo em liberdade, pois avalia que não há mais razão para a prisão preventiva.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here