Home Política PF investiga áudio em que aliado de Cid propõe golpe

PF investiga áudio em que aliado de Cid propõe golpe

5867
0

A Polícia Federal (PF) apura o conteúdo das mensagens de áudio em que o coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro, conversa sobre um plano de golpe de Estado com o militar reformado do Exército e advogado Ailton Barros.

O blog apurou que pode haver compartilhamento de provas posteriormente, mas isso será instruído ainda no inquérito original.

Cid também testemunhou propostas de golpes levadas a Bolsonaro, depois das eleições de 2022. Uma delas foi de um ex-ministro de Bolsonaro, relatou Cid a interlocutores. A outra foi do ex-deputado federal Daniel Silveira

Cid e Ailton são dois dos seis presos na quarta-feira (3) na operação que investiga fraude nos dados de vacinação antiCovid de Jair Bolsonaro, da filha dele e do próprio Cid e família.

Mensagens telefônicas interceptadas polícia revelam que Cid procurou a ajuda de Ailton quando precisou forjar um cartão de vacina para a esposa Gabriela Santiago Cid um ano antes de conseguir o de Bolsonaro. O amigo de Cid então pediu uma troca de favor para Marcelo Siliciano que, segundo ele, ajudou no esquema de falsificação, e precisa resolver um problema com o visto de entrada nos EUA. Foi nesse diálogo, que Ailton disse saber quem havia matado a vereadora do Psol, Marielle Franco.

Ailton será ouvido na semana que vem no inquérito que apura o assassinato de Marielle. Ex-vereador pelo Rio, que chegou a ser citado na investigação da morte da vereadora, mas não é tido como suspeito, Siciliano sofreu buscas na operação desta quarta-feira e teve um telefone celular e um computador apreendidos.

LEIA TAMBÉM:

Quem é Ailton Barros: preso por fraude já foi suspeito de acordo com o tráfico, expulso do Exército e hoje advoga para pai de Henry
Cronologia da operação: as datas citadas na investigação que levou à prisão de Mauro Cid e à apreensão do celular de Bolsonaro
Bolsonaro é alvo de operação da PF por suspeita de fraudar cartão de vacinação; leia análise dos colunistas

O ‘elo fraco’ de Cid

O entorno de defensores e familiares de Bolsonaro espera que Cid – o ‘faz tudo” memória viva de 4 anos de governo -, mantenha a lealdade ao ex-chefe e blinde o ex-presidente, mas temem um elo fraco, sem a disciplina militar: a esposa de Cid.

Pen drive

A polícia também já começou a analisar o pen drive apreendido no cumprimento de mandado de busca e apreensão na casa de Bolsonaro em Brasília na quarta-feira (3). Na residência, um celular também foi apreendido.

Jair Bolsonaro

Comentários (3)
Acesse sua Conta Globo e particip

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here