Home Esportes Para Ricciardo, Hamilton não enfrenta competição interna na F1

Para Ricciardo, Hamilton não enfrenta competição interna na F1

1072
0

Lewis Hamilton tem sido o protagonista da hegemonia da Mercedes na Fórmula 1, faturando seis dos últimos sete títulos defendidos pela equipe desde a introdução dos motores híbridos em 2014. No entanto, para Daniel Ricciardo, da McLaren, há outros pilotos que também poderiam vencer com o equipamento do heptacampeão, que na visão do australiano, enfrentou pouca competitividade na categoria.
Para responder diplomaticamente, acho que Lewis não é o único que poderia ganhar corridas com aquele carro. George Russell, de certa forma, mostrou essa possibilidade ao derrotar Valtteri em sua primeira corrida (com a Mercedes, em Sakhir). Portanto, você pode argumentar que talvez Lewis não enfrente muita competição interna – opinou Ricciardo.

Desde que se juntou ao time alemão, em 2013, Hamilton faturou 75 das suas 96 vitórias na F1 e seis dos seus sete títulos mundiais. Pela Mercedes, teve como rivais internos Nico Rosberg, para quem perdeu o campeonato de 2016, e Valtteri Bottas, vice-campeão em 2019 e 2020.

Na ocasião mencionada pelo piloto da McLaren, Hamilton foi substituído no GP de Sakhir por George Russell, titular da Wiliams, após o heptacampeão da Mercedes testar positivo para o coronavírus em dezembro do ano passado.

Russell andou na frente nas sessões de treinos livres e chegou perto da pole position, conquistada por Valtteri Bottas; a chance de vitória, no entanto, se perdeu com um erro da equipe nos pit stops e um pneu furado. Sergio Pérez, então piloto da Racing Point (hoje Aston Martin), faturou a etapa.

Ricciardo reforçou sua posição e acrescentou que, para ele, outros pilotos acreditam que poderiam fazer frente ao britânico da Mercedes:

  • Se não podemos ser muito agressivos ou desrespeitosos com Lewis, será que alguns de nós acreditam que podemos vencê-lo? Sim. Tenho certeza disso. Mas nenhum de nós jamais esteve na briga por um título ou lidou com essa pressão, enquanto quase todo fim de semana ele se prepara para uma corrida. Sim, ele tem o melhor carro, mas também espera-se que ganhe o tempo todo. E se ele não o fizer, é tipo, “OK, o que aconteceu com Lewis?”

Em 2021, Hamilton segue em sua nona temporada pela equipe alemã. Porém, apesar de líder do Mundial de Pilotos após vencer o GP do Bahrein, o heptacampeão está cauteloso com a possibilidade de enfrentar um campeonato mais disputado diante da evolução da RBR, vice-campeã de equipes em 2020.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here